Entra em vigor em Dourados nova regra sobre caminhões

Decreto que disciplina circulação de veículos pesados está publicado no Diário Oficial desta terça-feira

Entra em vigor nesta terça-feira, dia 29, o decreto que disciplina o tráfego de caminhões e o serviço de carga e descarga no perímetro urbano de Dourados. Publicada na edição desta terça do Diário Oficial do Município, a nova regra estabelece várias situações de exceção, de acordo com a necessidade apontada pelos representantes de empresas que atuam na área de transportes.

Prefeitura realizou campanha de orientação e informação aos condutores de veículos pesados sobre as normas que estão sendo implantadas – Assecom

A limitação ao tráfego de caminhões na área central foi proposta pelo prefeito Murilo aos representantes dos setores afetados pela medida, que participaram diretamente da discussão e definição das regras.

A nova sistemática para o trânsito local foi assunto amplamente debatido entre trabalhadores e empresários que diretamente e indiretamente dependem dos serviços desses veículos.

Entre as entidades que encamparam a discussão estava a Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), cujos associados dependem da circulação de caminhões para abastecimento das empresas.

Carlos Alberto Galvão, integrante do Conselho Fiscal da Aced e que participou ativamente de todas as discussões, afirmou que o empresariado de forma geral entendeu a intenção do prefeito e está apoiando o novo sistema. “O trânsito de Dourados estava adequado para uma cidade de pequeno porto. Hoje somos de médio porte e é preciso acompanhar esse crescimento em todos os setores, inclusive o trânsito”, destacou.

Segundo ele, quando foram construídas as rotatórias na área central, o sistema representou a solução para o trânsito. No entanto, essa fase passou e os redondos passaram a travar o tráfego de veículos, principalmente na Avenida Marcelino Pires, onde as três rotatórias já foram substituídas por semáforos. “Definir e colocar em prática normas como essa é o início de um processo de planejamento para que outras propostas se tornem concretas”, avalia o empresário.

Normas

O decreto nº 472, de 28 de novembro de 2011, determina que fica proibida a circulação de “veículos acima de 18 toneladas de carga útil e/ou com altura superior a 4,40m e veículos articulados ou combinações de veículos” no quadrilátero das ruas Eulália Pires/Coronel Ponciano e Monte Alegre/Cuiabá. Estão excluídos veículos do Corpo de Bombeiros, sistema de trânsito, iluminação pública, oxigênio, combustível, guincho e auto-fossa.

Dentro desse perímetro, foi delimitado outro quadrilátero, identificado como “Área A”, que compreende as ruas Melvin Jones/Aquidauana e Weimar Torres/Joaquim Teixeira Alves. Nessas ruas, onde está localizado o centro comercial, foram definidos horários, dias da semana e capacidade máxima para circulação, carga e descarga, observando a regulamentação.

Nessa área, veículos de até duas toneladas terão acesso livre. Veículos de até quatro toneladas e de entrega de bebidas com até 12 toneladas poderão circular das 20h às 10h. Veículo leve de carga até 12,5 toneladas das 20h às 7h; veículo transportador de caçambas até 16 toneladas das 20h às 8h e veículo pesado até 18 toneladas das 20h às 6h.

Os veículos com restrição na “Área A” durante a semana serão acesso livre nos sábados após as 14h e nos domingos e feriados em qualquer horário.

Campanha

Antes de determinar as regras definidas em conjunto com os setores, a Prefeitura de Dourados desenvolveu uma intensa campanha de conscientização, com a participação da Guarda Municipal, Polícia Militar e do Exército Brasileiro. Equipes foram colocadas estrategicamente nas entradas da cidade, orientando e informando condutores de veículos pesados sobre as normas que estão sendo implantadas.

Técnicos do município promoveram encontros com empresários ligados ao ramo de transporte, proprietários e diretores de estabelecimentos comerciais, autônomos e com as entidades que representam cada um destes setores. As reuniões foram para analisar caso a caso e, a partir daí foi elaborado o decreto.

“Mais uma vez cumprimos nosso compromisso de administrar com transparência e ouvindo os setores envolvidos. As normas incluídas no decreto foram definidas através de discussões lideradas pelos próprios setores interessados”, afirmou o prefeito Murilo.

 

Fonte: Jornal Agora MS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s